Subversa

23:59 | Pedro Dias de Valera (Lisboa, Portugal)


este

::::::::::

melrear

recorrente do

frígorifico

a refrigerar a minha paciência –

 

estou farto de trocadilhos, vejo-me a desistir da escrita

um dia destes

pego num eléctrico qualquer

daqui dos lados

e descarrilo daqui pra fora

no açaime de ferro que ampara o limiar da respiração

do meu horizonte

———–


PEDRO DIAS DE VALERA (1994, Lisboa).

 

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367