Subversa

A Fala e a Escrita | Rafael Wenzel (Pelotas, RS)


Falei, pensei, me expressei,

Palavras foram ditas,

Vozes não foram ouvidas.

Analisei, olhei, presenciei,

Meu pensamento foi lacrado,

E meus erros exaltados.

Ao som de uma ode e um hino,

Sempre naquele ritmo.

 

Ao toque de dez decassílabos,

Sofri.

Ao toque de dez rimas brancas,

Vivi.

E ao toque de dez maldizeres,

Morri.

 

Fui atingido a cada ponto de exclamação,

E fui mal-interpretado a cada ponto de interrogação.

Com a vírgula me tranquilizei,

E com o ponto finalizei

Outro capítulo dessa história de divagação,

Sem explicação.


RAFAEL LEITZKE WENZEL | 16 anos. | e-mail: rafaelwenzel196@gmail.com

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Fabíola Weykamp 17 de maio de 2018 em 05:38

    Que felicidade te ler aqui, Rafael.
    Nada melhor do que estar atento, resistir e persistir!
    Não pare de escrever!

    • Rafael Wenzel 27 de maio de 2018 em 18:16

      Muito obrigado pelo incentivo e apoio, Fabíola. Podes deixar que continuarei escrevendo. Atenciosamente, Rafael.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367