Subversa

Amizade | Valdir Cesar Conejo Júnior (São José do Rio Preto, SP)


quando o garçom serviu a saideira,
um cachorro de rua derrubou a garrafa
e latiu pra mim sorrindo,
o rabo abanando
e eu senti na cerveja que caía no chão
o cheiro daquele seu poema
sobre amizade

levantei e comprei um salgado
pro mendigo sentado na calçada do bar
e ele deu três vivas ao Rei Faiçal

cheguei em casa e na TV um príncipe
pequenino dizia a uma raposa:
– começo a entender, existe uma flor,
eu creio que ela me cativou.


VALDIR CESAR CONEJO JÚNIOR | é de Mirassol-SP. Mora em São José do Rio Preto-SP. Desenhista, poeta e bêbado sempre que possível. Fez ciências sociais, mas desistiu de dar aulas para ser sempre aluno. Tem poemas publicados no “livro da tribo” e em revistas virtuais. | valdircjr@live.com

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367