Subversa

Cereja | Fábio Amaro (Pelotas, RS)


O amor, para mim, ou é intenso

ou não vale a passagem.

 

O amor é capaz de eternidades

e também de cravar pregos

enferrujados nos olhos.

 

Há quem goste do amor,

como há também quem o deteste.

 

Para mim, o amor é como a cereja

em cima do bolo.

 

Eu detesto bolos,

mas adoro cerejas.

 

Cerejas são vermelhas,

e são o azedinho que está acima

da melosidade merengueira

do bolo.

 

As cerejas, assim que se as mordem,

ficam parecendo bucetas.

 

Eu também gosto de bucetas,

e procurei por anos a buceta certa.

 

A buceta certa

tem características próprias

e muitas significações.

 

A buceta certa

é como uma cereja natural

em cima de um bolo de  François Vatel,

o confeiteiro de Luís XIV e inventor do chantilly.

 

Luís XIV amava chantilly,

Luís XIV dominou a Europa, a seu tempo;

Luís XIV se cercava de bucetas.

 

Chantilly é coisa dos homens,

pura variação na técnica de se

bater claras de ovo com açúcar.

 

Bucetas não, são criação divina.

 

E a buceta certa

é muito melhor que chantilly.

 

A buceta certa é melhor que chantilly,

melhor que Luís XIV

e muito melhor

que Paris.

 

Eu tenho adoração por Paris,

mas pela buceta certa,

morava no Congo,

no delta do Níger

ou no Saara cheio de neve.

 

Para mim, a buceta certa é alicerce,

pra mim, a buceta certa é o céu.

 

Eis que a buceta certa sorri.

 

E eu sorrio de volta.


FÁBIO AMARO (da Silveira Duval), nascido na fria noite de 28 de agosto de 1977, na cidade de Pelotas, é poeta, PhD em Relações Internacionais e professor na Universidade Federal de Pelotas. Publicou dois volumes de poesia, O Carrossel dos Desvarios Voláteis, em 1999, e O Terceiro Lado da Moeda, em 2017. | fasduval@terra.com.br

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Ernande Valentin do Prado 3 de Abril de 2018 em 10:09

    Parabéns pela sua poesia. Gostei muito de ler.

  2. Fábio Amaro 3 de Abril de 2018 em 17:28

    Muito obrigado, Ernande! Isso me inspira a escrever mais… Forte abraço.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367