Subversa

Cortejo na Best Buy | Marília Valengo (João Pessoa, PB)


Estou estranhamente orgulhosa

por não ter uma televisão

pois continuo querendo

saber todas as informações

privilegiadas, ser amiga

dos insiders

descobrir os segredos da maçonaria

ouvir pela primeira vez

os ensinamentos secretos

que irão me transformar

em uma boa professora de yoga

receber aquele livrinho

que só depois de cinco anos

7 noites, 3 horas

alguém receberá em alguma montanha

da Virgínia, dos Veadeiros

de Ahmedabad

tudo isso até que eu adormeça

pois é daí pra frente que nada conta

e eu fico tranquila no banco da praça

esperando a procissão

dos carros de boi.


MARÍLIA VALENGO (João Pessoa, 1981) | nômade, poeta e criadora de conteúdo. Há dois anos mora em Nova Iorque, onde produz, junto com outras mulheres, um documentário sobre imigrantes. Escreve desde sempre e de tudo um pouco. Seu maior interesse é o que está por trás da palavra. Seus poemas são inéditos, mas estão ensaiando ganhar o mundo. | liavalengo@gmail.com

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. rafael 2 de Abril de 2018 em 15:37

    lindo poema, gracioso. Ensina o poder do esperar

  2. fernanda 3 de Abril de 2018 em 19:22

    lindo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367