Subversa

Coxia | Giovane Adriano dos Santos (Oliveira, MG, Brasil)

Aquarela | William Soares dos Santos


Agora

Que a toalha amarrota

o intocável estrangeirismo

de Conceição: ‘tudo é bonito

por causa do buffet’.

Os copos beijados de batom

esperam que alguém os lave

de uma lembrança.

As flores murcham porque

desconhecem, à revelia de nós,

que todo minuto as puxa

até o fim.

A fotografia não diz que

o homem mais sorriso da noite

tinha vontade de prantear

cem continuados dias.

Resta aos meus olhos

este guardanapo

em branco.


GIOVANE ADRIANO DOS SANTOS conheceu através de livros, ainda na infância, outros lugares diferentes de onde vivia, Morro do Ferro – MG. Cantou a “Saudade sem métrica”, foi ouvido e premiado pela Academia Madureirense de Letras, em 2014. Em 2016, coseu palavras, recordou-se e publicou na Subversa. Estuda Direito na UFLA. | GIOVANESANTOS02@GMAIL.COM

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367