Subversa

Estorinha | Fábio Amaro (Pelotas, RS)


Passei muito tempo
arrodeado de partidas.

As saídas me frequentavam
os salões de baile
vazios.

Depois da meia-noite,
chulé e abóboras.

Nunca tive talento
para Cinderela.

Quando o mensageiro
do rei chegou,
eu já tinha vazado
com as fadas.

***


FÁBIO AMARO (da Silveira Duval), nascido na fria noite de 28 de agosto de 1977, na cidade de Pelotas, é poeta, PhD em Relações Internacionais e professor na Universidade Federal de Pelotas. Publicou dois volumes de poesia, O Carrossel dos Desvarios Voláteis, em 1999, e O Terceiro Lado da Moeda, em 2017. | fasduval@terra.com.br

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367