Subversa

II Festival Literário de Ilhéus [FLIOS]

A Caligrafia sul-baiana é o tema para o II Festival Literário de Ilhéus com três dias dedicados a debates, oficinas culturais, lançamentos de livros entre outros momentos, que após o sucesso da primeira edição, migra para o Teatro Municipal de Ilhéus.

A concepção do Festival Literário de Ilhéus surgiu em 2015, a partir de reuniões entre atores locais envolvidos com a literatura, sendo a atual edição prevista pelo projeto proposto por Anna Lívia Rosa Ribeiro, aprovado na política de editais do Estado da Bahia. A edição atual conta com Geraldo Lavigne de Lemos como curador e Fabrício Brandão como cocurador, convidados pela Coordenação Geral composta por Anna Lívia, André Rosa, Anarçeide Menezes, Eloah Monteiro e Cabeça Isidoro.

Os curadores procuraram dinamizar ações com a inclusão de outras atividades de interesse coletivo que contam com apoio do Governo do Estado da Bahia, ficando a realização do evento a cargo da Academia de Letras de Ilhéus. Por ser uma demanda da região, segundo Geraldo “o público, a mídia, os escritores e os artistas afirmam ser uma ação deveras importante para a região, que possui tradição literária consolidada e constantemente apresenta novos escritores e artistas. Os apoios recebidos refletem tal realidade”.

A cada edição, o Festival Literário de Ilhéus escolhe um autor para ser homenageado. A primeira edição homenageou Jorge de Souza Araújo. A presente edição homenageia o autor Florisvaldo Mattos, que publicou um livro chamado A caligrafia do soluço & poesia anterior, atraindo a atenção dos organizadores do Festival que assim adotaram o tema Caligrafia sul-baiana. O objetivo é traçar uma intertextualidade entre a obra do autor homenageado e um dos objetivos do festival, que é lançar luz sobre a literatura regional e ainda, observando que caligrafia remete à pessoalidade da escrita.

Quando o festival foi concebido, também foi pensado o concurso literário Prêmio Sosígenes Costa de Poesia. A Universidade Estadual de Santa Cruz e a Academia de Letras de Ilhéus promovem o concurso, que objetiva premiar livro inédito de poesia possuidor de mérito literário. São admitidas inscrições de autores baianos ou residentes na Bahia.

O nome do prêmio homenageia o relevante autor baiano Sosígenes Costa, vinculado à segunda geração do Modernismo e que teve o seu primeiro livro, Obra Poética, laureado com Prêmio Jabuti de Poesia, em 1960.

Programação: www.flios.com.br

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367