Subversa

Lisboa 050715 | Mauricio Borba Filho (Belém, PA, Brasil)

Fotografia Vinicius Nakandakari

Fotografia Vinicius Nakandakari

na pequena manhã

sentes a antiga paixão

atravessar o silêncio

como um touro –

 

na pequena manhã, feitiço –

uma manada terrível

te apavora, te leva aos

olhos de casas antigas

onde não há nada a se fazer,

além de vestir-se o fogo.

 

chegado à calada das águas

vês o tejo afogar o teu tesouro –

é tarde, feitiço: não há nada

possível contra o passado, contra

a coisa e o seu próprio peso.


MAURICIO BORBA FILHO, advogado, nascido em Belém, 1992.  Seu primeiro livro, “modos”, ficou em terceiro lugar no Prêmio de Poesia Belém do Grão Pará, edição 2014. | MAURICIOBORBA132@HOTMAIL.COM 

Marcado com:

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367