Subversa

O Pessoa que não fui | Priscila Topdjian (São José do Rio Preto, SP)


Creio na vida como um rio qualquer,
Porque a vida sou eu. Mas não penso nela
Porque pensar é não deixar fluir o meu destino

A vida não me ocorreu para pensar nela

(Pensar é estar sujeita a armadilhas. Pensar é não agir)
Mas para olhar para ela e confiar no que me acontece

Eu não tenho medo; tenho percepções

Se falo na vida não é porque saiba o que ela é,
Mas porque a deixo acontecer, eis o grande mistério

Quem por cima de mim se coloca enquanto flutuo

Não merece a minha atenção. Não merece a minha paz
A vida é um deixar-se escorrer sem ais. É saber do que se é capaz


PRISCILA TOPDJIAN | formada em Letras e Jornalismo, possui mestrado em Marketing. Trabalha como Jornalista e realiza a coordenação pedagógica da Escola de Escritores, espaço destinado ao estudo e à escrita literária na cidade. Participou da antologia: “6poetas Amanhã”, edições Bergamini. Tem poemas publicados na Revista Mallarmargens. Seu poema: “Poema dos trinta anos”, conquistou a terceira colocação no “Prêmio Nacional Novos Poetas 2018”, realizado pela editora Vivara. | priscila.topdjian@hotmail.com

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367