Subversa

O súdito, a sociedade | Eber S. Chaves (Vitória da Conquista, BA)


o betume espesso sob os pés cansados

os gases tóxicos voando em liberdade

e a onda quente de revolta que sobe a garganta

 

o abraço sufocador da ordem imposta

a boca aberta e tão profunda onde o grito desaparece:

ó filha do ordenamento legal, deixe-me ver tua face!

 

os longos séculos de assédio

o obsoleto, o retrógrado, o anacrônico

e as tradições que descansam em sarcófagos

 

o manufaturismo pombalino

o delírio do encilhamento

e as estufas criadas depois de 1930

 

o curso dos anos sem conta

as intervenções do Estado

e os novos modelos e as velhas nações movendo a boca, sustentando um sorriso

 

o amálgama de formas arcaicas com as formas modernas

o ponto de referência

e as cicatrizes vitalícias pelo chicote das necessidades de consumo

 

a estranheza do consumidor moderno

os emergentes da sobrevivência passiva

e os homens que foram convocados para nos ensinar o método para sermos felizes

 

os imperativos ditados

os desafios mais profundos

os ideais devorados pelo capitalismo

 

a pressão atormentadora de fora

as sequelas inevitáveis

os modernos males que atravessaram os oceanos

 

e a utopia construída doutrinariamente

a consagração do ideal (ainda esfomeado)

e a liberdade do indivíduo chegou tão alto para cair tão longe

***

nossa sociedade habita uma casa velha

convive com as rachaduras, com os rangidos no assoalho

vê a deterioração se tornar gradualmente mais séria

o lugar dos seus sonhos inseguros está desmoronando

 

mas continuará morando ali

até que realmente desmorone por inteiro


EBER S. CHAVES é daqueles que acham que há uma certa glória em não ser compreendido. Baiano, natural de Itaquara/BA; reside em Vitória da Conquista/BA. Estudioso de psicanálise, história, religião e filosofia. Fã de rock/heavy metal, poesia, literatura fantástica, cervejas especiais e feijoada.  |  eber.chaves79@gmail.com

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367