Subversa

Sinfonia do Tempo | James J. D. Duško Porto, Portugal


Escuto, pois tudo o que nos falta é escutar. Escuto
cada movimento e minudência desta gruta da inocência,
cada iminente passo deste monstro no velho espelho refletido que com o silêncio me perscruta,
este abismo em que sou lançado. Sou um músico sem instrumento, só consciência,

numa orquestra de mim mesmo, tantas pessoas diferentes, todas sem instrumento, seguindo a batuta
como um ponteiro do relógio, cada nota um segundo
que na pauta da sinfonia do tempo se destoa
num efémero sussurrado arrastar cacofónico e profundo,

e que como um líquido invisível na clepsidra vazia gota a gota se escoa e se esboroa
sempre que, desnudo, de mim me desgrudo
a cada memória ida ou a

cada vida vivida.
Dizem que o tempo cura tudo,
mas e se o tempo for a ferida?


JAMES J. D. DUŠKO (Porto, Portugal, 1998)

 

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367