Subversa

O álbum | Giovane Adriano dos Santos [O Palimpsesto]


Giovane Adriano dos Santos

Obra de Kumi Yamashita.


Quando o vento cerrou os olhos da casa,

pálpebras de madeira

por onde ela olhava a rua,

as taramelas sacudiram-se de medo

e os tijolos, abrasados em caieiras antigas,

remeteram a rosas angulares insípidas,

ao dia em que a vó sorriu dizendo

‘Livro bonito tem figura’ e completou

‘Lê esse alto, meu neto’.

Aurora afirma conhecer-nos desde quando o

córrego atravessava o chão sob os pés que

vinham, aos domingos, banhar-se aqui.

Soube que o menino só queria a cumeeira da

árvore sem postônica:

‘Depois da chuva, posso subir na árvre?’

A vó escreveria poéticas,

se o homem que pousa (sério) na foto

não houvesse impedido.


GIOVANE ADRIANO DOS SANTOS é de Morro do Ferro, MG. Publica na Revista Subversa no quinto dia de cada mês.

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367