Subversa

Editorial Vol. 3 | n.º 8 | Novembro de 2015

CAPA

VERSÃO PARA DOWNLOAD

Os textos que compõem este número já foram escolhidos há algum tempo, os autores sabem disso. O que ninguém sabia é que eles seriam publicados como uma espécie de ressaca de um fim de semana em que o horror saltou mais uma vez aos olhos de todos e chamou a atenção para o terrorismo cotidiano ao qual ainda estamos condenados.

O terror não bate à porta de uma só nação. Ele entra em salas de espetáculos e também na natureza. Desce rio abaixo e depois a gente mesmo prova-o na língua. O atentado do homem é contra a própria obra humana, artística ou civil. A crueldade não está fora de nós, ela só se apresenta através de uma forma insuportável, de tempos em tempos e, eventualmente, faz a nossa própria imagem de refém.

Talvez hoje a Subversa que fala de desamparo, descrença e loucura seja pequena demais. Que trabalho, afinal, pode fazer a literatura diante da tragédia?

Colocar o homem diante de um espelho, talvez, apaziguar um pouco as agruras, visualizar a possibilidade de um mundo harmônico. Mas, acima de tudo, mostrar a importância que tem um autor no mundo atual, seja rico, pobre, homem ou mulher. O problema maior na desvalorização do escritor não é, na verdade, político. O problema é não sermos capazes de entender que um escritor faz parte daqueles que não querem a paz somente dentro de si, mas sentem a necessidade de colocá-la para o lado de fora e fazê-la circular nas ruas. Quiçá, entre as nações.

As editoras.

EBER CHAVES | DRAMA

BRUNO FLORES | A MARCHA DE ALBERTO

ANDERSON FREIXO | CHÁ DE BOLDO

BOMQUEIROZ | DELÍRIO

MILTON REZENDE | EXPURGO

GLAUBER COSTA | O RIO

MARCO AURÉLIO DE SOUZA | O VELOTROL

DEMETRIOS GALVÃO | OS CENTAUROS TAMBÉM AMAM

PEDRO BELO CLARA | A CHEGADA DAS NUVENS

KRISHNAMURTI GÓES | A PALAVRA NUNCA

Marcado com:

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367