Subversa

Editorial Vol. 5 | n.º 6 | outubro de 2016

capa

versão digital para download

“O INVESTIMENTO E A FORÇA QUE COMANDAM O LEITOR É O DESEJO”

Joel Birman, Para uma estilística da existência, 1996.

 

Hoje é dia 15 e aqui vai mais um número da Subversa. É o dia no qual apostamos na força que move o leitor em direção ao texto. O escritor português Rui Zink afirma que é a leitura a verdadeira atitude libertária, porque é onde podemos nos expandir realmente. Na escrita, ele diz, o autor está mais ou menos preso numa determinada arena formal, onde cria possibilidades de mundo.

Mas está na leitura o real impacto do texto. É com ela que o leitor começa a descobrir uma forma singular de ver o mundo, é quando vai dando forma e expansão à realidade externa e ao seu próprio corpo. Através da leitura, é possível dar novo significado a um sentimento, por exemplo, até então estranho ou impossível de descrever. Abrem-se as portas para uma dimensão poética da língua, nos permitindo estar na vida com nossas entranhas.

Se a matéria-prima da Subversa é o texto literário, podemos dizer que o seu motor é a leitura. Este é um dos motivos pelo qual não nos restringimos à classificação formal de gêneros, questão que na atualidade, felizmente, se evidencia em amplitude mundial, abrindo para novos debates artísticos.

Desejamos a todos uma boa leitura.

As editoras.


AURILENE SAMPAIO | O MAL DO MAU AMAR, ESTAR BEM PARA SER BOM

CAMILA SPÓSITO | POR QUE CHOVE?

CARLA CARBATTI| CARTOGRAFIAS MÓVEIS NA PELE DO MAR: O BARCO

CAROLINE POLICARPO | POEMA(S)

EDSON AMARO | HAI-KAI ou HAI-CAI

FRANCIELI BORGES | REFLEXIVOS DE OCASIÃO

GIOVANI ADRIANO DOS SANTOS | AULA DE GEOGRAFIA

MATHEUS KNISPEL | A PALAVRA MULHER

TAMARA CHAGAS | ONDAS DE UM MAR DE SONHOS

TIAGO D. OLIVEIRA | POEMAS DE OBSERVAÇÕES

 

SOBRE ANDRÉ RAIMUNDO pisonatinta@gmail.com

Marcado com:

Sobre o Autor

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367