Subversa

Ensaio fotográfico retrata recepção do texto “Água Viva”, de Clarice Lispector

“O que te escrevo não tem começo: é uma continuação.

Das palavras deste canto que é meu e teu,

evola-se um halo que transcende as frases…”

Clarice Lispector

₢ Fernanda Leal

₢ Fernanda Leal

A fotógrafa cearense Fernanda Leal produziu um ensaio que pretende demonstrar a sua própria reação ao ler o monólogo Água Viva, de Clarice Lispector que, para ela ainda é uma constante de experiências e questionamento.

“Ano passado tive contato com esse livro, que me encantou logo no primeiro olhar e decidi que ia produzir em imagens aquelas impressões/sensações todas que a leitura havia me causado. Perdi as contas de quantas vezes li Água Viva e até hoje não compreendo muito bem…” (Fernanda)

Formada em Jornalismo e especializada em Fotografia, Fernanda produziu cerca de vinte imagens procurando buscar na sua própria expressão a recepção que deu à obra, processo que para ela é, de certa forma, “inacabável”, pela própria essência de Água Viva:

“Até agora, são cerca de vinte imagens, mas continuo fotografando. É um ensaio que vai estar sempre por continuar, como uma água viva, mesmo”. (Fernanda)

₢ Fernanda Leal

₢ Fernanda Leal

A autora relata que há uma relação interessante entre o domínio das cores e da textura com a liberação do imaginário, além de ter encontrado na reprodução do seu próprio corpo a melhor via de trabalho.

E por que começar com Água Viva?

“Por ser uma narrativa fragmentada; uma estrutura que dialoga diretamente com o ensaio, em que se tem um corpo em pedaços, cada um com uma significação, integrando-se com o não humano: as palavras, a natureza, o “it”, de que fala Clarice. Eu busco uma desconstrução das relações entre o tempo e o espaço, algo que vai além do que é interior/exterior a mim. Intensidade traduz um pouco do que se constitui esse trabalho”. (Fernanda)

Fernanda atualmente se prepara para uma exposição em grande formato e pretende seguir trabalhando em comunicação com a literatura e outras expressões artísticas. Para falar com a Fernanda, basta escrever para flealfoto@gmail.com.

Sobre o Autor

2 Comentários

  1. Josy Maria 5 de fevereiro de 2015 em 19:08

    A Fernanda Leal é uma fotógrafa e pessoa admirável!
    Seus ensaios surpreendem em ousadia e poética.
    Um olhar atento e profundamente sensível.
    Sua foto não sabe ser superficial, porque ela enxerga para além de ver.
    As impressões do texto de Lispector em suas imagens, explicam fragmentos da fotógrafa em seu processo pessoal, criativo e afetivo para com o mundo ao seu redor. Basta conhecê-la um pouco para entender sua disposição, coragem e sobretudo intensidade neste ensaio autobiográfico, a meu ver, como não podia deixar de ser a inspiração proposital numa literatura tão marcante como a de Clarice. Parabéns, Fernanda!

  2. renata 3 de julho de 2017 em 09:22

    oi gente
    gostei muito desse site, parabéns pelo trabalho. 😉

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367