Subversa

ESPECIAL DE NATAL: “Demências” e “Desmotivo” | Pedro de Lucena (Recife, PE, Brasil)

NOTA PRELIMINAR (Revista Subversa)

Pedro de Lucena, atualmente com 17 anos, é diagnosticado com autismo e se comunica digitando em um teclado. Pedro é aluno do ensino fundamental no Colégio Grande Passo, em Recife, tendo cursado o 9º ano em 2015. Através da escrita, ele se comunica, se expressa, se relaciona e, recentemente, desenvolve sua criatividade pela escrita de textos literários. Os poemas que seguem consistem em suas produções iniciais. Um breve relato sobre essa história nos foi narrada por Carlos de Lucena, pai do Pedro.

 

ilustração Francisco Ben

Ilustração Francisco Ben

DEMÊNCIAS | Pedro de Lucena

Sou composto por demências: minhas alegrias são efêmeras; minhas tristezas escuras. Farto-me de melancolia e exagero-me na solidão. Eu nem caibo no estreito e nem na imensidão. Nada me cabe e nem contém. Pouco ou muito pode ser subjetivo para mim. Meus poucos momentos de lucidez são reflexos de minha consciência vã. Palavras são para mim como vagalumes na escuridão, estão sempre sinalizando verdades incontidas no velar do pensamento. As atitudes são como fogos que iluminam uma mente escura. Entender-me é mais que simplesmente mera teoria científica. É apenas sentir-me.

.


Ilustração: Francisco Ben

Ilustração: Francisco Ben

DESMOTIVO | Pedro de Lucena

.

Eu me desmotivo sem motivo.

Vivo sempre perplexo,

Querendo a sombra de um amigo

Onde eu possa descansar.

Me sinto levado pelo vento de minha solidão,

E só mesmo lendo Lispector para refletir minha escuridão.

Se me desmonto não sei, não sei.

Se me refaço me desmonto de vez.

Até que me reencontro outra vez e me pergunto:

Demoras a vir, e quando chegas logo vais embora?

Fujo de mim mesmo todos os dias.

Se sou alegre ou triste, distante ou próximo, afetuoso ou insensível,

Nem mesmo eu sei.

Mas, de tudo isso e dentro disso tudo existo,

E uma coisa eu digo: sou autista e isso assumo.


DA HISTÓRIA DO PEDRO

A família do Pedro passou mais de uma década em busca de métodos e tratamentos para que Pedro desenvolvesse a fala e as habilidades para a interação humana, elementos que jamais desenvolvera até então. Foram à Syracuse University (SU), no estado de NY (EUA), para tentar o método chamado Comunicação Facilitada (CF), que é especificamente voltado a produção da escrita por meio da digitação em teclados. A CF envolve o fornecimento de vários apoios por um facilitador (apoio emocional, comunicativo e físico), durante o ato da digitação, de maneira a proporcionar a motivação e também o feedback visual, auditivo e proprioceptivo em relação à atividade que está sendo feita. Pedro respondeu muito bem à técnica e começou a demonstrar que já era alfabetizado, tendo aprendido a ler no ambiente, embora sem ter tido condições de expressar sua capacidade. Hoje, leva o teclado/tablet para a escola, e todas suas atividades escolares são feitas por meio da digitação, de modo que realiza as provas de todas as matérias, com poucas adaptações (a maioria para tornar mais objetivas/curtas as respostas, pois o processo de digitação é lento). Além disso, a digitação é utilizada para a comunicação familiar e, mais recentemente, para a escrita literária.

Contato: carloslucena2000@yahoo.com

IMG-20151207-WA0003

 

Marcado com:

Sobre o Autor

5 Comentários

  1. Márcia 23 de dezembro de 2015 em 02:22

    Esse meu sobrinho vai longe!
    Muito orgulhosa de você, Pedro!
    Parabéns!!!

  2. Adriano 31 de dezembro de 2015 em 12:29

    um enorme parabéns ao Pedro – seus poemas são excelentes!

  3. Micheliny Freitas Pessoa 13 de Janeiro de 2016 em 15:31

    Meus parabéns Pedro e toda a família!!
    Os textos são lindos!

  4. Micheliny Freitas Pessoa 13 de Janeiro de 2016 em 15:32

    Meus parabéns ao Pedro e toda sua família!
    Textos lindos!

  5. Tatyana Batista Colégio Cristão 10 de outubro de 2017 em 17:49

    Parabéns Pedro!!!
    Muito feliz com sua conquista.
    Parabéns pela linda família que tens.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios estão sinalizados *

Entre em Contato

contato.subversa@gmail.com
Brasil: (+21) 98116 9177
Portugal: (+351) 91861 8367