Subversa

Para divulgar seu(s) livro(s) na Estante, assine a Subversa.

Cristal

de Pedro Belo Clara

Editora Chiado Editora

"Todo o livro é um longo adeus de despedida, uma elegia serena, uma chama que gela ao vento, uma ausência, um longo suspiro, uma folha sobre o rio que passa – um cristal desfragmentado.
Pela memória, viva, que perfura o passado, devolve-nos, nítidos ou fugidios, vigorosos ou diluídos, os sentidos, o corpo, o desejo e a dor da perda.
É aqui que vai dar-se a surpresa, a beleza do inesperado embate."
(Prefácio, Conceição Lima)

9 euros
comprar

Monumentos

de Pedro Silva Sena

Editora Edições Bicho de Sete Cabeças

Monumentos (2ª edição, 2017, Edições Bicho de Sete Cabeças) é a terceira recolha de poemas do autor, a qual inclui, revistos, os Poemas de Cal (2004, Elefante Editores) e as plaquettes Monumentos e A Rua Amarela.«Num belíssimo jogo de observação/narração, a ‘poesia geográfica’ de [Pedro Silva Sena], permite ao leitor ser o [viajante] em praças que “Ofereceram moradia à morte” e onde “bicicletas zunem afãs” enquanto o leitor colhe “a vida em pele de pêssego clara nas suas bocas mudas” e regista nas suas “...máquinas digitais a silhueta do dodecástilo império” dos demais Monumentos visitados nesta viagem literal.» Rogério Paulo E. Martins

12,41
comprar

Joel

de Pedro Silva Sena

Editora Edições Bicho de Sete Cabeças

Joel, um jovem jornalista, chega a casa, deita-se e adormece. As horas passam. Joel dorme, mas não consegue acordar. Entretanto, os seus amigos, o seu bairro e, depois, o país inteiro, vêem-se envolvidos no mistério do seu sono sem fim...

2,67
comprar

Um andarilho dentro de casa

de Milton Rezende

Editora EDITORA PENALUX

décimo livro do autor, entre prosa e poemas.

36,00
comprar

Lima Barreto, Caminhos de Criação: Recordações do Escrivão Isaías Caminha

de Carmem Lúcia Negreiros de Figueiredo

Editora Edusp

Apesar de ser considerado importante e ter muitos admiradores, Lima Barreto ainda é definido como escritor de bons temas e ideias, mas esteticamente inferior.

Por isso, Lima Barreto, Caminhos de Criação é obra indispensável a leitores, especialistas e críticos: provoca uma revisão no modo como o romance Recordações do Escrivão Isaías Caminha foi incorporado ao cânone literário brasileiro e, sobretudo, expõe a atualidade das estratégias estéticas escolhidas pelo autor.

O livro apresenta uma edição crítica de Recordações do Escrivão Isaías Caminha e ainda questiona – por meio do diálogo entre a metodologia da crítica textual e da crítica literária – o argumento de que os romances de Lima Barreto necessitariam de melhor acabamento formal e estilístico.

Cotejando as edições publicadas em vida do autor, o livro ilumina as técnicas, a arte, dilemas e personagens que tornam Lima Barreto escritor fundamental da nossa literatura.

O design gráfico da edição é baseado nos quatro números da revista Floreal – criada por Lima Barreto em 1907 –, nos quais foram publicados os primeiros capítulos de seu romance de estreia. O renomado ilustrador e artista gráfico argentino Luis Trimano assina as ilustrações que dialogam com a narrativa fragmentada de Lima Barreto.

Além da leitura crítica e da introdução crítico-filológica, o livro ainda traz a listagem das atualizações de grafia, um glossário e reproduções das páginas originais da primeira publicação do romance.

R$54,40
comprar

Quando as manhãs eram flor

de Pedro Belo Clara

Editora Chiado Editora

Os portões abrem-se de par em par, obedecendo ao firme impulso das mãos secas de manhãs. Estilhaçam-se com o esforço, num esgar mudo de pele rasgada, as heras que envidraçavam o lugar de abandono, cedendo a uma pressão tão faminta quanto essa ânsia animal de romper a virgindade do que foi bebido.
A rugosidade das pedras batidas por passos de cautela semeia poeiras subtis, os líquenes das superfícies abertas à erosão (de tempo ou gente?) cintilam numa estranha melodia de musgo fendido na quentura duma luz que não há.
Os lugares têm uma sonoridade própria. Cada recanto, cada cheiro, cada ausência rendida à invasão solar. A morte do vivido é velada por profundos silêncios.

10 euros
comprar

Bífida e outros poemas

de Alexandra Lopes Da Cunha

Editora Kazuá

Universal e inevitavelmente feminina, a obra ‘Bífida e outros poemas’ é gestada unindo a escolha da palavra em sua magia sonora, à organicidade do momento de sua concepção. A poesia de Bífida é sobretudo lírica, mas principalmente musical. A poética de Alexandra Lopes da Cunha é um misto de elementos clássicos e de imagens contemporâneas.
Em interação direta com a Fotografia expressiva de Raul Krebs, o livro transcende fronteiras permitindo plena autonomia ao fotógrafo, que compõe as cenas em diálogo livre com os versos de Alexandra. O encontro dos dois artistas e amigos de longa data, traz à luz uma obra poética tão delicada quanto visceral. Trata-se de um livro seguro de seu ofício que, com certeza, revelará ao leitor o espaço-tempo que paira na imaginação da poeta de forma encantatória.

R$45,00
comprar

Reconstruções

de Natanael Otávio

Editora Independente

Uma coletânea de contos e poesias que apresenta, com sensibilidade, os percalços dos relacionamentos humanos e a autodescoberta que eles envolvem.

"Aguardei ansioso pela sua volta. Na verdade, todos nós estávamos ansiosos pela volta de papai. Mamãe se apegava a Deus em uma oração silenciosa no quarto; Inácio tirava lascas da parede com seu estilete (ele sempre fazia isso quando estava nervoso); eu acendia um palito de fósforo, ficava vendo-o queimar e, antes que se apagasse, passava o fogo para outro palito (era assim que eu mantinha acesa a esperança de o patrão entender que eu não tinha culpa pelas páginas rasgadas dos livros e de não perder a amizade da Aninha). Se não estivesse rezando no quarto, em outra oca¬sião, mamãe certamente brigaria comigo por estar queimando tantos fósforos assim, à toa. Mas, para mim, aquela ação tinha, sim, um significado: era como se a chama reproduzida pelos palitos trouxesse claridade à escuridão daquele momento, causada pela situação de se ter que esperar, sem poder fazer nada, enquanto papai tentava resolver sozinho o mal-entendido".

Trecho do conto “Memórias da Fazenda Vargas”

"Eu desço do automóvel / E, num segundo, é como se ele / Nunca tivesse existido. / Apenas o seu farol.
(...)
Olho o horizonte. / Nada vejo além de névoa e noite. / Mas, ao meu lado, / Um farolete de lata e vela.

Trechos do poema “Faróis”

R$ 30
comprar

Um Amor – contos de amor na cidade de São Sebastião do Rio de Janeiro

de William Soares dos Santos

Editora Ibis Libris

Os doze contos de William Soares dos Santos, reunidos sob o título de "Um Amor", tentam, de saída, uma abordagem claramente centrada na paisagem unívoca: a cidade do Rio de Janeiro. Essa escolha do cenário, em verdade, se restringe ainda mais, se considerarmos que quase todos os enredos se articulam e se desenvolvem numa quadra bem conhecida da cidade: os bairros de Copacabana e Ipanema. Os contos de William Soares dos Santos sugerem uma espécie de abordagem em que o modo de comportar-se do carioca se ressalta mais pela força dissertativa da paisagem exposta pelo autor do que, propriamente, pelas personagens erigidas com rigor e domínio da arte de contar histórias breves. A brevidade, aliás, aqui salientada, deve ser entendida como um recurso de dificuldade, porque, afinal de contas, todo e qualquer gênero literário requer acuidade e imaginação criativa. Esses recursos estão presentes no livro de William Soares dos Santos (trecho da apresentação do escritor Cláudio Aguiar).

R$ 35,00
comprar

Uma vida com Shakespeare – estudos shakespearianos em homenagem a Marlene Soares dos Santos

de William Soares dos Santos

Editora Letra Capital

Este livro reúne, ao longo de 228 páginas, ensaios sobre William Shakespeare (1564-1616), com textos escritos por ex-alunos da professora Marlene Soares dos Santos, uma das principais especialistas do dramaturgo inglês no Brasil. Cada um dos oito estudos analisa um determinado aspecto da obra de Shakespeare. Temas como a questão judicial, a construção do amor, a linguagem sexual, a questão política e das masculinidades são explorados pelos ensaios. Os estudos são resultados da orientação que os autores tiveram com a professora Marlene Soares dos Santos em seus percursos acadêmicos. Uma das mais importantes professoras de língua e literatura inglesa de sua geração, a professora passou por todos os estágios da profissão, foi professora da rede pública de educação do Rio de Janeiro, atuou em instituição privada, galgou todos os estágios do ensino público superior na Faculdade de Letras da UFRJ, sendo, atualmente, Professora emérita desta instituição. Hoje, ela continua atuando na Pós-graduação do Programa Interdisciplinar de Linguística Aplicada da Faculdade de Letras da UFRJ como educadora e pesquisadora, contribuindo intensamente para a formação de uma nova geração de professores, pesquisadores e especialistas em literatura inglesa. O seu trabalho mostra que ela descortina, com uma nova geração de estudantes, diferentes possibilidades de leituras de obras (principalmente, mas não somente) da Renascença inglesa, mostrando que a literatura do período é atual e relevante para as novas gerações de leitores de William Shakespeare e de seus contemporâneos.

R$ 40,00
comprar

Teoria do Crescimento – Letra à Letra

de Pedro Silva Sena

Editora Edições Bicho de Sete Cabeças

Teoria do Crescimento - Letra à Letra (Edições Bicho de Sete Cabeças, 2017) é o quarto título do autor a ser publicado e reúne poemas que, por vezes com humor e frequentemente com ironia, confrontam as certezas inquestionáveis do nosso tempo - e as suas consequências. Este livro digital inclui, ainda, um conjunto de epigramas inspirados em cada uma das letras do alfabeto (Letra à Letra). Tal conjunto tem a particularidade de constituir um tributo ao surrealismo - do qual se propõe, aliás, enquanto «derradeiro exercício».

12,36
comprar

O Mirabolante Doutor Rocambole

de Ana Luiza Figueiredo

Editora Selo Off Flip

"Se ser diferente faz você se sentir esquisito, sopre o apito. Se faz você se sentir importante, passe adiante".

É assim que Téo conhece o Doutor Rocambole, um especialista capaz de fazer sua Imaginação Aguda desaparecer. Mas será que ser igualzinho aos outros meninos é tão legal assim?

Descubra nessa divertida história sobre autoconhecimento, solidariedade e aceitação das diferenças.

R$24,00
comprar

Resenhas da Solidão

de Fabíola Weykamp

Editora Literacidade

Vencedor do 1º lugar do Prêmio Jovem Poesia LiteraCidade 2014.
Resenhas da Solidão é um livro de poemas e fragmentos transpassados por uma densa linguagem poética que busca, não só entender a crueza do cotidiano, como também se situar em sua efemeridade - daí, talvez, emerge a angústia pelo garimpo poético realizado por Weykamp. Com palavras servindo como pás, Resenhas da Solidão é um magnífico olhar sobre o que a maioria das pessoas prefere deixar soterrado (em si ou no outro).

R$ 32,00
comprar

Casa de Vidro

de Morgana Rech

Editora Multifoco

Numa casa de vidro, não só tudo está mais claro por dentro, mas vê-se melhor e mais longe por fora. Este livro é uma metáfora do processo criativo, uma coletânea de pequenos textos que foram amadurecendo pelo caminho, se fundindo com a transparência da realidade exterior. Chegaram a salvo numa casa cujas peças não dividem completamente os seus gêneros, porque as paredes são de vidro. Os textos foram levados até uma casa como essa para poderem viver melhor, porque não entrariam jamais numa casa tradicional, até porque eles são a prova de que a experiência da partida não termina com o fim da viagem.

R$32,00
comprar

Rarefeito – poemas

de William Soares dos Santos

Editora Ibis Libris

Em sua apresentação de rarefeito o escritor, crítico literário e membro da Academia Brasileira de Letras Antonio Carlos Secchin observa que, no livro, “(...) constatamos a presença de um ‘eu’ que obsessivamente se expõe e se interroga” e, ainda, que é “nessa tensão – de dizer-se pelo viés de transformar-se em algo sempre diverso – que reside a força maior de rarefeito.”
É nesse exercício de exposição, interrogação e tensão, apontado por Secchin, que encontramos em rarefeito o trabalho de um poeta que dedicou tempo a burilar seus poemas e nos quais encontramos um constante diálogo com diversas tradições da lírica ocidental. Neles podemos “ouvir” conversas com a lírica do brasileiro João Cabral de Mello Neto, com a dos italianos Dante Alighieri, Francesco Petrarca, Giacomo Leopardi, e Salvatore Quasimodo e com a dos ingleses William Wordsworth e William Shakespeare, apenas para nominarmos os ecos mais evidentes desse diálogo.

R$ 35,00
comprar